11/12/2019

Empreendedorismo na Terceira Idade

Empreendedorismo pode ser entendido como a disposição para idealizar, coordenar e realizar projetos. Pode não estar diretamente relacionado à negócios.

Pessoas podem demonstrar um pensamento empreendedor em casa, na escola ou na vida pessoal. É um conjunto de características essencial para pessoas que querem fazer a diferença.

O empreendedorismo trata-se, então de solução de criatividade, solução de problemas e visão estratégica.

CARACTERÍSTICAS DE UMA PESSOA EMPREENDEDORA:

  • CRIATIVIDADE – Imaginação, capacidade de resolver problemas de maneira inovadora;
  • INICIATIVA – A pessoa empreendedora  não espera que alguém lhe diga que um problema deve ser solucionado. Está sempre procurando novas formas de fazer as coisas.
  • PENSAMENTO ESTRATÉGICO – Planejamento, visão e solução de problemas;
  • AUTOCONFIANÇA – Confiança em suas habilidades;
  • OTIMISMO – Encarar erros como oportunidades de aprendizado;
  • RESILIÊNCIA – Resistir, se adaptar e tentar novamente;
  • ADAPTAÇÃO – Possuir a capacidade de se adaptar, ajustar os planos e continuar insistindo.

    AUMENTO NO NÚMERO DE IDOSOS NO BRASIL

Não só o Brasil, mas o mundo todo vem observando uma tendência de envelhecimento da população nos últimos anos. Este aumento decorre da expectativa de vida e melhora nas condições de saúde, também pela questão da diminuição nas taxas de natalidade, pois o número médio de filhos por mulher vem caindo.

Em 2030 o Brasil terá a quinta população mais idosa do mundo.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de pessoas com idade superior a 60 anos chegará a 2 bilhões até 2050.

É imperioso falarmos em dar qualidade de vida e um envelhecimento ativo a esta população, para que atinjam um protagonismo social e econômico.

EMPREENDEDORISMO DE NECESSIDADE E DE OPORTUNIDADE

Cada idoso tem um motivo para empreender.

O empreendedor por necessidade é aquela pessoa que atravessa dificuldades e vê no empreendedorismo a saída para os seus problemas.

O idoso que faz parte deste perfil precisa aumentar sua renda para suprir seus gastos, seja com sua saúde ou com familiares.

Já o empreendedor por oportunidade está sempre atento às demandas do consumidor e enxerga a carência de determinado produto ou serviço.

O idoso que empreende por oportunidade se aposenta e deseja montar um negócio, muitas vezes em uma área que domina, ou na qual se sente realizado.

BENEFÍCIOS DE EMPREENDER NA TERCEIRA IDADE

  1. O IDOSO TEM MAIS CONHECIMENTO E EXPERTISE

A terceira idade é a fase em que há mais acúmulo de conhecimento. Sua bagagem e sabedoria o torna, na maioria das vezes, um excelente empreendedor. Tem menos medo dos riscos, o que é considerado um fator positivo no mundo coorporativo.

  1. A REDE DE CONTATOS NA TERCEIRA IDADE É MAIOR

Depois de trabalhar tantos anos, é provável que já se tenha uma rede de contatos qualificada. Este networking é essencial em qualquer área. Sabe os pontos fortes e fracos das habilidades e competências individuais. Essa combinação de experiência + networking aumenta as chances de fechar ótimas parcerias.

  1. DIMINUI O TEMPO OCIOSO

Segundo estudos, a aposentadoria aumenta 40% as chances de desenvolver depressão. O idoso sente-se sem um propósito na vida. Neste sentido o trabalho vai além da geração de renda. O idoso sente-se útil novamente. Exercita a mente e o corpo continuamente.

  1. ÓTIMA OPORTUNIDADE PARA COMPLEMENTAR A RENDA

Sinônimo de renda extra, uma alternativa para complementar a renda mensal.

  1. A TERCEIRA IDADE REÚNE TODAS AS CARACTERÍSTICAS PARA SER UM EMPREENDEDOR DE SUCESSO

De acordo com o SEBRAE ( Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), o idoso reúne todas as características de um bom Empreendedor.

Existe uma metodologia (CHA), que reúne a tríade da competência humana: CONHECIMENTO + HABILIDADE + ATITUDE.

O idoso é experiente (conhecimento), possui diversas competências que foram desenvolvidas ao longo da vida (habilidade), e tem tempo, tranquilidade e motivação para fazer o que gosta (atitude)

É importante que o idoso assuma riscos de forma consciente e ponderada, não comprometendo seu patrimônio. Deve fazer algo que realmente goste, estudando bastante antes de iniciar o empreendimento. Sua atividade empreendedora deve auxiliar o idoso a manter-se social e economicamente ativo, protagonista de sua vida e mantendo vivos seus sonhos e metas.

Nome: Vera Mascarenhas.
Orientador: Vera Mascarenhas.
Curso: Cuidador de Idosos
 

Euro Anglo Unidade Sorocaba - SP