12/12/2019

Envelhecimento Cutâneo

Envelhecer é um processo natural que ocorre desde que nascemos, porém fica mais evidente após a terceira idade. A qualidade do envelhecimento está relacionada diretamente com a qualidade de vida á qual o organismo foi submetido. Nesse processo ocorre uma redução n° total de células do organismo juntamente com o funcionamento desordenado de células que permanecem.

CAUSAS

Intrínseca: Ocorre de forma natural queda das funções vitais do corpo, renovação celular comprometida, falha imunológica – corpo suscetível a Infecções.

Extrínseca: Relacionada a fatores externos: poluição ambiental, fumo, consumo excessivo de álcool, pouco hidratação, exposição exagerada ao sol...

Alguns efeitos são notáveis na pele, dentre eles podemos citar:

  • Físicos:
  • pele seca,
  • rugas,
  • flacidez,
  • alteração de pigmentação cutânea,
  • perda de massa corpórea..

    Fisiológicos e mentais:
     
  • alterações nas secreções glandulares
  • perda da capacidade defensiva com diminuição dos linfócitos,
  • alterações hormonais,
  • perda de memória, dentre outros
     

O envelhecimento é atribuído aos Radicais Livres, que são  moléculas instáveis e que apresentam um elétron que tende a se associar de maneira rápida a outras moléculas de carga positiva. No nosso organismo, os radicais livres são produzidos pelas células, durante o processo de queima do oxigênio, utilizado para converter os nutrientes dos alimentos absorvidos em energia. Os radicais livres podem danificar células sadias do nosso corpo, entretanto, nosso organismo possui enzimas protetoras que reparam 99% dos danos causados pela oxidação, ou seja, nosso organismo consegue controlar o nível desses radicais produzidos através do nosso metabolismo.

Pesquisas dentro da indústria de cosméticos e da estética têm tido um crescimento exponencial nos últimos 20 anos. O ingrediente mais importante de todos na prevenção, principalmente do fotoenvelhecimento, é sem dúvida o filtro solar. Este deve ser usado em dias de sol e de chuva, pois a emissão de raios UV é diária (a intensidade da radiação UV é constante ao longo do ano), sendo que o contato destes com a nossa pele é igualmente diário. Os raios UV são os principais indutores de alterações em nível da pele, conduzindo à produção de radicais livres de oxigênio e a alterações morfológicas. Assim, a proteção solar ganha uma enorme importância na prevenção do envelhecimento cutâneo. Existem vários tipos de filtros solares inseridos nos cremes e loções fotoprotetoras, designadamente filtros físicos (refletem os raios UV), químicos (absorvem principalmente raios UVB,) e biológicos (substâncias com atividade antioxidante que reduzem o estresse oxidativo provocado pela radiação).Cremes antienvelhecimento conseguem melhorar e atenuar os sinais do envelhecimento cutâneo, mas com a incapacidade de conseguirem reverter todos os sinais, simultaneamente, de alterações da pele.  Já os tratamentos mais procurados na estética são aqueles que apresentam resultados em um curto espaço de tempo e de baixo risco. Esses incluem lasers, luz intensa pulsada, terapia fotodinâmica, preenchimentos à base de ácido hialurônico, toxina botulínica, peeling químico, radiofrequência e procedimentos de dermoabrasão.

Lembrando que o processo de envelhecimento cutâneo é um processo fisiológico no nosso organismo , sendo assim a utilização de medidas preventivas, a ingestão ideal de água e a realização de tratamentos estéticos contribuem para minimizar os efeitos causados pelo tempo na nossa pele.

Profª Virgínia Moreira –  Docente e Fisioterapeuta especialista em Fisioterapia Neurológica, Fisioterapia em Ergonomia .

Cursos – Farmácia e Laboratório, Cuidador de Idosos e Estética

Euro Anglo Unidade Ribeirão Preto - SP