15/10/2019

Castrar é cuidar!

O principal motivo para realizar a castração canina é evitar a procriação, mas também para diminuição do odor da urina no caso do macho, pelo incomodo das fêmeas quando estão no cio, para evitar gastos com futuros filhotes, gravidez e despesa médica. Antes de castrar são necessários exames para ver como está a saúde dele, se ele tem condições de realizar uma cirurgia, só assim poderá ser feita.

Benefícios da castração

No caso das fêmeas diminui o risco do câncer de mama, quando é feito antes do primeiro cio tem 99% de chance de não desenvolver a doença, evitando também doenças uterinas graves como piometra (uma infecção no útero que pode levar a morte) uma vez que aparelho reprodutor é retirado. Evita gravidez indesejada e psicológica. Elas também não entram mais no cio, poupando o incomodo dos sangramentos e machos no portão. Nos machos reduz a frustração sexual e a necessidade da busca de fêmeas, evitando fugir, briga com outros cães e atropelamentos. Também reduz a possibilidade de problemas na próstata e evita-se o câncer de testículo, que pode ser fatal. Cães machos sentem menos necessidade de marcar território com a urina. Geralmente os cães quando são castrados costumam ficar mais dóceis, quietos e aumenta o apetite. Por conta disso, o animal depois de castrado ganha peso, mas nada exagerado e o dono deve controlar a comida para não descontrolar a dieta do animal levando a uma obesidade.

Idade mínima para castrar

É recomendado castrar quando ainda são jovens, as fêmeas antes de ocorrer o primeiro cio e os machos entre 6 a 9 meses de idade. Quanto mais velho for o animal mais complicado é, por consequência, maior o custo.

O valor da castração

O valor varia do sexo do animal, macho são mais baratos que as fêmeas, as características também são importantes, o peso do animal, o porte etc. quanto maior ele for, maior o custo.

Existem programas promovidos pela prefeitura e universidades que realizam a castração com preços bem reduzidos. A média varia dos 80 a 400 reais. É importante dizer, que além dos custos da cirurgia, tem o cuidado pós cirúrgico, com remédios e com o colar elisabetano para evitar que o animal arranque as suturas(os pontos) pela boca.

Artigo escrito por: Kauany Borborema Conceição.

Euro Anglo Unidade Ribeirão Preto - SP