28/10/2019

Finding our purpose in life / Encontrando nosso propósito na vida

If we look a little around us, we’ll realize that it’s not difficult to find someone who hasn’t yet discover her purpose or goal in life. In our busy world, most people live their lives focusing on what they have to do, and not on the reason behind that. Because of this, living can become an obligation and not a pleasure. In addition of that, some people don’t see “a reason” on their actions, and most of time start feeling sad or frustrated. Find our why is not that simple, but there are some tips that can help us to find our goal in life.

First of all, we need to decide and “write down” our priorities, things we really love to do. This question is personal and there’s not a correct definition here. The answers may be different for every simple person reading, but we need to decide what are the most important things in life and not try to put ourselves in a “box” determined by the society. Most people usually say that, to be happy, we need to study a lot and get rich, have a successful career.

The secret is: listen your heart and soul. We need to ask ourselves if “what we are doing” is what we really like, or we are just bringing into our lives another people’s purposes as they were mine. At the same time, we need to look at what is important to us, not to what is important to the others. If we let our essence talk here, we will surely have great results.

It‘s also very important to accept that each person is unique, and consequently, their purpose too. Knowing that, people need to find it based in their priorities in life, the things they really want to do, not what they “feel” that they should be doing. And, the most important thing: question their decisions and actions. If you want to be a famous doctor because it’s your dream since you were a child, go for it. But, if is not, that’s fine. Don’t silence your truly purpose to impress the others or prove that you’re capable. We need to feel happy about our actions and decisions in life.

Our world is full of expectations that are placed on us by others, and sometimes also, by ourselves. Although we face a lot of pressure, we need to step away from society’s expectations and start focusing in our own goals. In life, we often face challenges and bad situations, but we can never forget what we love to do and our priorities. In this context, while many people wish a good job, some just want to spend some time with family and friends watching some comedy movie, and that is normal. These differences are common when we are talking about our why and both cases have their own importance, because no one purpose is bigger or better.

Finding out our purpose is completely related to find what bring us happiness, because it’s a part of us: our identity. We don’t need to be frustrated, when we think we can’t do something, we were born to have a successful life. And, I’m not talking about money here, I’m talking about what make us feel successful. Our purpose doesn’t need to be what people expect from us, it needs to be something that can makes us happy or proud of our lives.

TRADUÇÃO 

Se olharmos um pouco a nossa volta, nós vamos perceber que não é difícil encontrar alguém não tenha ainda descoberto seu propósito ou objetivo na vida. Em nosso mundo ocupado, a maioria das pessoas vivem suas vidas focando em o que elas têm que fazer, e não na razão por trás disso. Por causa disso, viver pode se tornar uma obrigação e não um prazer. Além disso, algumas pessoas não vêem "uma razão" em suas ações, e na maior parte do tempo começam a se sentir triste ou frustradas. Encontrar nosso porquê não é tão simples, mas existem algumas dicas que podem nos ajudar a encontrar nosso objetivo na vida.

Em primeiro lugar, nós precisamos decidir e escrever nossas prioridades, coisas que nós realmente amamos fazer. Essa questão é pessoal e não tem uma definição correta aqui. As respostas podem ser diferentes para cada pessoa simples que lê, mas nós precisamos decidir o que são as coisas mais importantes da vida e não tentar nos colocar em uma "caixa" determinada pela sociedade. A maioria das pessoas normalmente falam que, para ser feliz, nós precisamos estudar muito e ficar rico, ter uma carreira de sucesso.

O segredo é: escute seu coração e alma. Nós precisamos perguntar a nós mesmos se "o que estamos fazendo" é o que realmente gostamos, ou nós estamos apenas trazendo em nossas vidas os propósitos de outras pessoas como se fossem minha. Ao mesmo tempo, nós precisamos olhar para o que é importante para nós, não para o que é importante para os outros. Se nós deixarmos nossa essência falar aqui, nós iremos certamente obter grandes resultados.

Também é muito importante aceitar que cada pessoa é única, e consequentemente seu propósito também. Sabendo disso, as pessoas precisam encontrar isso baseado em suas prioridades na vida, as coisas que elas realmente querem fazer, não o que elas "sentem" que deveriam estar fazendo. E, a coisa mais importante: questione suas decisões e ações. Se você quer ser um doutor famoso porque é seu sonho desde quando você era uma criança, vá atrás disso. Mas, se não é, está tudo bem. Não silencie seu verdadeiro propósito para impressionar outros ou provar que você é capaz. Nós precisamos nos sentir felizes sobre nossas ações e decisões na vida.

Nosso mundo é cheio de expectativas que são colocados em nós por outros, e as vezes também, por nós mesmos. Apesar de enfrentarmos muita pressão, nós precisamos nos afastar das expectativas da sociedade e começar a focar em nossos próprios objetivos. Na vida, nós frequentemente enfrentamos desafios e situações ruins, mas nós nunca podemos esquecer o que amamos de fazer e nossas prioridades. Nesse contexto, enquanto muitas pessoas desejam um bom emprego, algumas só querem passar um tempo com a família e amigos assistindo a um filme de comédia, e isso é normal. Essas diferenças são comuns quando estamos falando sobre nosso porque e ambos os casos tem sua importância, porque nenhum propósito é maior ou melhor.

Encontrar nosso propósito é completamente relacionado a encontrar o que nos trás felicidade, porque isso é parte de nós: nossa identidade. Nós não precisamos ficar frustrados, quando nós pensamos que não podemos fazer alguma coisa, nós nascemos para ter uma vida bem-sucedida. E, Eu não estou falando de dinheiro aqui, eu estou falando sobre o que nos faz sentir-se sucedido. Nosso propósito não precisa ser o que as pessoas esperam de nós, precisa ser alguma coisa que pode nos fazer feliz ou orgulhosos de nossas vidas.

Nome Completo: Lauani Beatriz Meira Santos                                         Sala: 716
Orientador: Ricardo Adolfo de Oliveira Proença

Euro Anglo Unidade Ribeirão Preto/SP